3 cuidados que você deve ter com o conjunto de correia e pinhão

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

A partir do momento em que temos o contato com um veículo, seja ele um carro, moto ou caminhão, é muito importante conhecer os detalhes essenciais e importantes que esses veículos possuem. Como exemplo, temos o conjunto de correia e pinhão.

Para entender os cuidados que devem ser tomados em relação ao conjunto de correia e pinhão, vamos começar a entender o que é exatamente a correi e o pinhão presentes no veículo.

A correia é nada mais do que uma espécie de cinta flexível, que costuma ser feita de diversas camadas de lonas e borracha vulcanizada, que tem como objetivo passar a força e o movimento de uma engrenagem para outra.

Existem alguns tipos de correias, como: correias lisas, correias dentadas e correias em V. As correias lisas costumam ser usadas para passar a força em maquinas grandes e é o modelo mais simples de correias.

As correias dentadas costumam ser usadas em motores de quatro tempos, ou seja, motores que não podem sofrer alteração que pode levar a falha nos tempos. E as correias em V são utilizadas por motores que precisam girar mais de duas ou até quatro polias.

Já o pinhão é nada mais do que o componente presente na engrenagem, ou seja, ele é o sensor do velocímetro. Fixado na coluna da direção, no momento em que o motorista vira o volante, o pinhão ele gira e movimenta a cremalheira.

Com isso, podemos entender que, o pinhão é o responsável por mostrar a velocidade com que o motorista está andando e é o modo de direção mais simples

Conjunto de correia e pinhão

Após entender melhor o que são as correias e o pinhão, é preciso conhecer quais os principais cuidados que se deve ter com o conjunto de correia e pinhão.

O primeiro cuidado que o proprietário do veículo deve ter com o conjunto de correia e pinhão, é na manutenção, principalmente, quando se trata da correia. Ele deve estar atento o que diz o manual do fabricante do automóvel.

Normalmente, no manual, consta que a troca da correia deve ser feita após percorrer 60 mil quilômetros, mas para que não haja surpresas indesejadas, o indicado é fazer uma inspeção a cada 20 mil quilômetros.

O segundo cuidado que o dono do veículo deve ter em relação ao conjunto de correi e pinhão, é que se caso o veículo seja usado, existe uma grande dúvida se a correia foi trocada ou não. Por isso, caso essa dúvida não seja esclarecida, a dica é fazer a troca mesmo assim.

O terceiro cuidado, é muita atenção com os produtos usados, pois eles podem diminuir a durabilidade da correia como, por exemplo, utilizar lubrificantes.

Essas são algumas dicas básicas sobre como cuidar do conjunto de correi e pinhão. Manter uma manutenção correta e com frequência, é a melhor forma para não ter dores de cabeça no futuro.

Lembrando que, além de conhecer os cuidados, conhecer lugares que tenham peças e acessórios para caminhões, qual a melhor loja de peças para caminhões e peças para vans, são ótimas formas de facilitar o trabalho.

 

Fonte: Total Diesel Blog

Comments

comments

Comentários fechados.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×